Barra

Entre 1670 e 1680, a Casa da Torre, cujo chefe era então o 2º Francisco Dias de Ávila Pereira, assentou uma fazenda de gado no ponto em que o Rio Grande deságua no Rio São Francisco. Situada na foz daquele afluente, foi logo apelidada de Fazenda da Barra do Rio Grande. Para evitar confusão com o Rio Grande, antes assim batizado no Norte, acrescentou-se-lhe a indicação de Do Sul, hoje apenas Barra.

O município de Barra concorreu com gente de armas para combater as insurreições de Pernambuco e a Balaiada do Maranhão, conjuntamente com Campo Largo e Santa Rita, seus satélites. Entre 1891 e 1912, acentuou-se a influência da cidade de Barra, centro de movimento comercial e social, dada a sua posição geográfica no Estado da Bahia, passagem forçada de quem viajasse pelo Rio São Francisco no seu curso médio, e ademais, ponto de trânsito das boiadas de Goiás, Piauí e também do Maranhão.

Apesar de todas as deficiências, a cidade de Barra mantém algo da importância dos tempos coloniais, do Império e do começo da República. Barra não deixará de ser um ponto de referência na História do Sertão da Bahia. A economia do município de Barra é gerada por três segmentos principais: agropecuária, comércio e serviços.


Atrações

Outras Informações

  • Características
  • Artesanato
  • Como Chegar
Bahia.com.br
Copyleft 2014