Camamu

Camamú.jpg

Porto de embarcação para Barra Grande e Baía de Camamu, a cidade de Camamu, às margens do Rio Acarai, abre-se em meio a um vasto manguezal. Inicialmente habitada pelos índios Macamamus, sua origem remonta a 1560, quando jesuítas ergueram a capela de Nossa Senhora da Assunção de Macamamu – daí o nome da localidade.

Uma das mais antigas cidades brasileiras, Camamu chegou a ser o maior produtor de farinha de mandioca do Brasil. Construída em dois andares, assim como Salvador, a cidade alta abriga prédios coloniais, a maior igreja do interior do estado – Matriz de Nossa Senhora da Assunção, datada do século XVIII – e antigos casarões. Do mirante, descortina-se uma bela vista da Baía de Camamu, entrecortada por mangues. Na parte baixa, destaque para a feira e o porto, onde, em 1693, funcionava também a Casa de Câmara e Cadeia.

Para desfrutar da natureza por completo, vale a pena passeios de barco ao longo desta que é a terceira maior baía do Brasil (a Baía de Camamu) e conhecer a sua infinitude de ilhas intocadas em meio à mata preservada, e os pequenos povoados que mantêm viva a cultura tradicional. Outra boa opção é seguir também rumo às praias paradisíacas, cachoeiras, ilhotas e mangues de Barra Grande.


Atrações

Outras Informações

  • Características
  • Artesanato
  • Gastronomia
  • Manifestações Culturais
  • Telefones Úteis
  • Como Chegar

Roteiros


Bahia.com.br
Copyleft 2014