Ilhéus

Ilhéus.jpg

A principal cidade da Costa do Cacau, Ilhéus revela belezas de um mar azul esverdeado, rodeado de areias brancas e margeado por extensos coqueirais. Ao longo da orla central, os inúmeros ilhéus fluviais e marítimos justificam o nome da cidade.

A Baía é ótima para a prática de esportes náuticos, como windsurf, laser, hobby-cat e caiaques. A Mata Atlântica velada, habitat de espécies raras como o mico-leão-dourado, os rios, lagoas e cachoeiras dão o tom deste paraíso ecológico, reduto vivo dos anos áureos de império dos coronéis do cacau.

A história da cidade se confunde com a própria história da lavoura cacaueira que foi iniciada no século XVIII e atingiu seu apogeu no século XX, quando a matéria-prima do chocolate era o produto central de exportação do país. Ilhéus abrigava o principal porto de escoamento da produção e fervilhava de pessoas, dinheiro, luxo e riqueza. O intenso intercâmbio com a Europa transformou a cidade em um verdadeiro caldeirão cultural, entoado pela prosa do célebre Jorge Amado em seus vários romances, traduzidos em diversas línguas.

Toda a opulência dos anos majestosos do ouro negro é, ainda hoje, exibida na arquitetura local, com suas ruas e praças de paralelepípedos, casarões e bares, como o Vesúvio, cenário de Gabriela, Cravo e Canela – romance de Amado – e onde, outrora, coronéis e intelectuais se reuniam.

Surgida há 465 anos, a antiga sede da capitania oferece uma estrutura completa de hotéis de luxo, pousadas, agências de turismo receptivo e uma variedade de restaurantes, onde se degusta o melhor da culinária baiana, regada a dendê e pimenta nos abundantes frutos do mar.


Atrações

Outras Informações

  • Características
  • Artesanato
  • Gastronomia
  • Manifestações Culturais
  • Telefones Úteis
  • Como Chegar

Roteiros


Bahia.com.br
Copyleft 2014