Livramento de Nossa Senhora

No fim do século XVII, o povoado era chamado de Arraial dos Crioulos e se transformou em ponto de pouso para os viajantes do norte de Minas Gerais e Goiás para Salvador. O primeiro núcleo populacional iniciou-se em 1715 com a chegada de paulistas na região a procura de ouro e pedras preciosas. Os jesuítas que os acompanhavam construíram a capela de Nossa Senhora do Livramento, originando o arraial. Graças à mineração do ouro, o povoado cresceu rapidamente.

Em 1724, o povoado foi elevado à Vila de Nossa Senhora do Livramento das Minas do Rio das Contas, e em 1725 foi ligada à vila de Jacobina por uma estrada histórica, que incluiu a construção de uma ladeira calçada de pedras para escoamento do ouro da região para Salvador e daí para Lisboa, trabalho esse executado por escravos. Somente em 14 de maio de 1966, o nome passou a ser Livramento de Nossa Senhora. Atualmente o município tem quatro distritos: Sede, Iguatemi, Itanagé e São Timóteo. A altitude da sede é de 500 metros acima do nível do mar.

Entre os atrativos naturais, destaca-se a Cachoeira do Rio Brumado, de grande volume de água. Na cidade, a Praça da Matriz serve como ponto de lazer para a população local. Localizado a sudoeste da capital Salvador, no sopé da Chapada Diamantina, distante cerca de 720 quilômetros por via rodoviária, este pólo se beneficia de condições climáticas especiais para o cultivo da manga, maracujá e umbu, ocupando cada vez mais espaço nos mercados interno e externo.


Atrações

Outras Informações

  • Características
  • Telefones Úteis
  • Como Chegar
Bahia.com.br
Copyleft 2014