Rio de Contas

Rio-de-contas.jpg

Considerada um dos três mais importantes conjuntos arquitetônicos coloniais da Bahia, tombada pela Secretaria do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, a cidade de Rio de Contas, com suas ruas largas e floridas, ladeadas por casarões coloniais, reúne um raro Acervo Público com cartas de alforria, sentença eclesiástica e certidões de escravos originais.

Dentre as construções centenárias, estão os prédios do Paço Municipal, a antiga Casa de Câmara e Cadeia – onde funciona atualmente o Fórum -, a antiga Casa de Fundição, as igrejas matriz do Santíssimo Sacramento e de Santana (ambas do século XVIII), as capelas de Bom Jesus da Lapa e de São Sebastião (ambas do século XIX), e o teatro São Carlos – único construído na Chapada. Situada a 1.200m de altitude, Rio das Contas encanta, também, pela impressionante diversidade de sua flora: já foram catalogados 100 tipos de flores não-identificadas, além das mais de mil espécies vegetais diferentes. A cidade oferece o autêntico turismo ecológico, em meio a um clima agradável de montanha.

O destaque fica por conta do Pico das Almas, um dos mais altos pontos do estado, com quase 2.000m, e que abre a uma vista maravilhosa dos grandes vales verdes recortados por rios, montanhas e pedras. A aventura inclui, ainda, acampamento no santuário ecológico do Largo do Queiroz, escaladas e trekking por riachos e matas. A bela cachoeira do Fraga; a ponte do Coronel; o povoado de Mato Grosso, com suas flores e hortaliças; e a Estrada Real que leva a Livramento, construída com grandes pedras regulares, há 300 anos, por escravos, são outros bons motivos para conhecer Rio de Contas.
 


Atrações

Outras Informações

  • Características
  • Artesanato
  • Gastronomia
  • Manifestações Culturais
  • Telefones Úteis
  • Como Chegar

Roteiros


Bahia.com.br
Copyleft 2014