Salvador

Salvador.gif

Salvador é conhecida como a “capital cultural do país”, berço de grandes nomes no cenário artístico, com destaque mundial. A cidade investe cada vez mais no turismo, que é reconhecido como importante atividade, principalmente no que se refere à exploração das artes, belezas naturais e patrimônios culturais.

As ruas do Centro Histórico transportam o turista para os primórdios da história do Brasil. Durante as visitas ao local, pode-se aprender, com a ajuda dos guias, como se desenvolveu a colonização da primeira capital do país. Até 1763, Salvador sediou a capital da Coroa Portuguesa nas Américas, sendo que alguns monumentos construídos neste período continuam preservados, o que torna o patrimônio arquitetônico dessa cidade muito valorizado. No Pelourinho, existem mais de 800 casarões dos séculos XVII e XVIII.

Diversas igrejas e museus completam a estrutura deste bairro, que, no passado, era ponto oficial de tortura dos escravos. A cidade destaca-se historicamente, também, por ter sido o principal porto do Hemisfério Sul até o século XVIII. A Bahia sempre teve um litoral diferenciado, considerando que detém o maior número de praias do país. Por isso, a natureza foi generosa nos 50 quilômetros de costa que Salvador tem, onde as belezas naturais são tão vastas quanto o próprio litoral. Com tantas praias, fica fácil explicar porque a cidade é tão procurada pelos amantes de esportes aquáticos.

Em Salvador, os mergulhadores encontram espaço ideal. Além de belezas naturais submarinas, a cidade tem o maior número de naufrágios registrados no Brasil. Algumas ruínas de antigos navios estão a poucos metros da praia, acessíveis para iniciantes em mergulho. Quem prefere emoções mais fortes, pode visitar navios pouco explorados, situados em águas profundas, ainda na Baía de Todos os Santos. As águas alcançam, em média, 26ºC, o que favorece a prática de variadas modalidades esportivas. Nos passeios a beira-mar, podemos ver pessoas praticando windsurfe, kitesurf, além do próprio surfe, que tem campo propício em quase todas as praias da capital. Outros tipos de esportes também são incentivados na cidade, como o sandboard, que encontra nas dunas espaço adequado.

Nas áreas mais urbanas, é possível presenciar skatistas em half-pipes e até rapeleiros pendurados em prédios e viadutos. Os saltos de asa-delta saem do alto de Ondina, uma grande área de preservação ambiental, que resguarda um Zoobotânico com cerca de 18ha, que chama atenção dos visitantes pela variedade de espécies que preserva. As reservas ecológicas de Pituaçu e São Bartolomeu, em Pirajá, com respectivamente 425 e 1.550ha, também enchem os olhos dos amantes da natureza. As riquezas da cidade podem ser vistas em cada esquina. Alegria, criatividade, musicalidade, riqueza folclórica e cultural são inerentes ao povo baiano, que tirou da mistura de raças e costumes o seu principal tempero. Os visitantes que chegam a Bahia sempre são bem recebidos, porque, neste estado, todos são brancos, negros e índios. Portanto, Salvador é a capital da multiplicidade e, em potencial, o maior destino turístico do país.


Atrações

Outras Informações

  • Características
  • Artesanato
  • Gastronomia
  • Manifestações Culturais
  • Telefones Úteis
  • Como Chegar

Roteiros


Bahia.com.br
Copyleft 2014