Esporte e Aventura


A Bahia já nasceu com um grande potencial para o esporte radical. No mar, conta com a grandeza da Baía de Todos os Santos e mais de mil quilômetros de litoral, que vão da Costa dos Coqueiros, na divisa com Sergipe, até a Costa das Baleias, no Extremo Sul. São mais de 40 destinos turísticos e 300 belas praias, que dão ao turista a possibilidade de fazer o que quiser para se exercitar e se divertir.

Para aqueles que buscam mesclar esporte, natureza e aventura, o desafio vai ser decidir onde e o que fazer. Biking, canoagem/bóia-cross, canyoning, cavalgada, mergulho, motociclismo, motocross, pára-quedismo, pesca esportiva, rafting, sandboard, surf, rapel, trekking e vôo-livre são algumas das opções sob medida para os aventureiros.

Entre eles, as montanhas e cavernas despertam o desejo do desafio com a prática do rapel e escaladas. Os mais aventureiros preferem o cascading – descida de rapel pelas cachoeiras – explorando as belas quedas d’água. O município de Paulo Afonso é um dos locais preferidos para a prática de esportes radicais. A área próxima ao canyon do São Francisco é o ponto de partida para o rapel, assim como a Ponte Metálica é o ponto mais adequado para o bungee-jumping. Dona de um relevo acidentado, de onde brotam inúmeras quedas d´água, a Chapada Diamantina possui excelentes pontos para a prática de rapel e canyoning. Se descer de montes, prédios e viadutos já causam tanto furor entre os praticantes destas modalidades, é possível imaginar o nível de adrenalina e contentamento atingidos quando os cenários são os principais montes e cachoeiras da região de Lençóis.

Outras Opções


Outros Segmentos

Bahia.com.br
Copyleft 2017